Love, Love, Love


Warning: Use of undefined constant LyricsText - assumed 'LyricsText' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/smalltr2/public_html/music.femino.it/wp-content/themes/twentyseventeen-child/functions.php on line 179

Warning: Use of undefined constant LyricsHead - assumed 'LyricsHead' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/smalltr2/public_html/music.femino.it/wp-content/themes/twentyseventeen-child/functions.php on line 192

Warning: Use of undefined constant TriviaFooter - assumed 'TriviaFooter' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/smalltr2/public_html/music.femino.it/wp-content/themes/twentyseventeen-child/functions.php on line 205

Warning: Use of undefined constant TriviaHeader - assumed 'TriviaHeader' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/smalltr2/public_html/music.femino.it/wp-content/themes/twentyseventeen-child/functions.php on line 218

Warning: Use of undefined constant InfoMiddle - assumed 'InfoMiddle' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/smalltr2/public_html/music.femino.it/wp-content/themes/twentyseventeen-child/functions.php on line 231

Warning: Use of undefined constant NewsBanner - assumed 'NewsBanner' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/smalltr2/public_html/music.femino.it/wp-content/themes/twentyseventeen-child/functions.php on line 244
Song written by: Caetano Veloso

Eu canto no ritmo, não tenho outro vício
Se o mundo é um lixo, eu não sou
Eu sou bonitinho com muito carinho
É o que diz minha voz de cantor
Por Nosso Senhor, meu amor, te amo
Pelo mundo inteiro eu chamo
Essa chama que move Pelé disse
Love, love, love
Absurdo, o Brasil pode ser um absurdo
Até aí tudo bem, nada mal
Pode ser um absurdo mas ele não é surdo
O Brasil tem ouvido musical
Que não é normal, meu amor, te quero
Pelo mundo inteiro eu espero
A visão que comove Pelé disse
Love, love, love
Na maré da utopia
Banhar todo dia a beleza
Do corpo convém
Olha o pulo da jia, não tendo utopia não pia
A beleza também
Digo pra ninguém, meu amor, desejo
Pelo mundo inteiro eu vejo
Que não tem quem prove
Pelé disse
Love, love, love
Na densa floresta feliz, plorifera
A linhagem da fera feroz
Ciclones de estrelas desenham-se
Livres e fortes diante de nós
E eu com minha voz
Meu amor, preciso
Pelo mundo inteiro aviso
Olha o noventa e nove
Pelé disse
Love, love, love